Dívida dos hospitais à indústria farmacêutica recuou em Dezembro de 2010

A dívida acumulada dos hospitais públicos à indústria farmacêutica diminuiu 8,9% no mês de Dezembro face ao mês de Novembro de 2010.

A dívida fixou-se nos 965,4 milhões de Euros. Ainda assim, no espaço de um ano, a dívida aos laboratórios cresceu 48%, um aumento médio de 26 milhões de Euros por mês.

É a primeira vez desde Dezembro de 2009 que a dívida dos hospitais aos fornecedores de medicamentos diminui. Esta inversão da tendência verificada ao longo de 2010 pode ser explicada pela verba adicional que os hospitais passaram a ter disponível no final do ano.

Ao todo, as instituições receberam 325 milhões de euros: 150 milhões depositados directamente nas suas contas e outros 175 milhões transferidos para o fundo de pagamento a fornecedores. .

Fontes: "Jornal de Negócios" e autor em 02 de Fevereiro de 2011