Farmacêuticas preparam recurso à via legal para cobrar dívidas dos hospitais

As empresas farmacêuticas estão a preparar o recurso à via legal para regularizar aquilo que descrevem com uma situação inaceitável e que correspondia no final de Agosto a uma dívida de 744 Milhões de Euros por parte dos hospitais públicos portugueses.

Da dívida total, refere a Apifarma, 492,5 Milhões de Euros são dívida a mais de 90 Dias. O prazo médio de recebimento situa-se em 387 Dias

Fonte: Jornal de negócios de 24 de Setembro de 2008.