Infarmed alerta para utilização de pilares para implantes dentários

Infarmed alerta para utilização de pilares para implantes dentários - 

Os pilares para implantes dentários do fabricante Edison Medical não devem ser comprados nem usados em Portugal, alertou hoje a autoridade nacional do medicamento (Infarmed), após a congénere francesa ter ordenado a sua retirada do mercado.

"A autoridade competente francesa ordenou a suspensão da colocação no mercado, da distribuição, da importação, da exportação e da utilização, assim como a recolha, dos dispositivos com marcação CE 1023 e rotulagem a indicar o fabricante Edison Medical (...) dado esses dispositivos não cumprirem com os requisitos estabelecidos na legislação aplicável", refere a autoridade nacional do medicamento em comunicado publicado no seu 'site'.

Segundo o Infarmed, estes dispositivos médicos são para "aplicação na área dentária, nomeadamente pilares para implantes dentários", que são parafusos que servem de suporte à prótese.

A autoridade nacional do medicamente alerta também para a retirada do mercado, ordenada pela autoridade competente grega, do algodão hidrófilo Luxe gold line, do fabricante CottonSud Italia di Stasolla Vito, por não cumprir a legislação aplicável.

As micropipetas para fertilização in vitro ICSI (injecção intra-citoplasmática de espermatozóides) do fabricante Monash Biotech Pvt. Ltd também foram proibidas de comercializar pela autoridade competente dinamarquesa por apresentarem "marcação CE indevida".

De acordo com o Infarmed, não foram identificados registos da comercialização destes três produtos em Portugal, mas "atendendo a que existe livre circulação de produtos no Espaço Económico Europeu", o Infarmed recomenda que não sejam adquiridos nem utilizados.

A autoridade nacional do medicamento apela a quem detecte estes produtos em Portugal para reportar a situação à Direcção de Produtos de Saúde do Infarmed.

 

Fonte:  Site "noticiasaominuto.com" e autor em 24 de Outubro de 2019.