Medicamentos: gastos do Estado nos hospitais subiram 2,1% no 1º trimestre de 2011

Os gastos do Estado nos hospitais subiram 2,1% para 235 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano, de acordo com dados do Infarmed a que a agência "Lusa" teve acesso.

Em Março, o Estado gastou cerca de 82,5 milhões de euros, uma variação homóloga de 10,3% face à factura do ano de 2010.

Em declarações à Lusa, o secretário de Estado da Saúde, Óscar Gaspar, vincou que “até Fevereiro havia um crescimento de 3,5% em termos homólogos e, em Março, reduz-se o crescimento acumulado para 2,1%”.

Ainda relativamente ao mês de Março, “há uma variação homóloga de -2%”, segundo Óscar Gaspar.

“O valor no trimestre, de 2,1%, compara com um crescimento de 2,8% em todo o ano de 2010, 8,6% em 2009 e 6,2% em 2008”, rematou o secretário de Estado.

No primeiro trimestre deste ano, o Centro Hospitalar Lisboa Norte foi aquele cujo consumo mais aumentou, com um valor acumulado de 33,6 milhões de euros, o que representa um acréscimo de 1,3% face ao mesmo trimestre de 2010.

Relativamente à distribuição do consumo por centro de custo, oncologia e infeciologia são as áreas de actividade com maior despesa na facturara trimestral, de 49,3 milhões de euros e 45,9 milhões de euros, respectivamente.

Fontes: "RCM Pharma", Agência "Lusa" e autor em 17 de Maio de 2011