Pfizer aposta em anti-depressivos para liderar genéricos

A farmacêutica quer estar entre os três primeiros ‘players’ do mercado nacional em 2012.

A Pfizer, que no início de Novembro colocou nas farmácias nacionais os primeiros medicamentos genéricos com a marca Parke Davis, tem três anos para chegar à liderança do mercado de genéricos.

A meta é traçada por Alex Carvalho, o brasileiro que desde há um ano trabalha na subsidiária portuguesa Pfizer e que dirige a unidade de Produtos Estabelecidos: "Queremos vender muito, tanto que até 2012 queremos estar entre as três primeiras empresas de genéricos em Portugal."

O mercado português de genéricos é actualmente liderado pela Ratiopharm, que entre Outubro de 2008 e Setembro de 2009 vendeu mais de 45 milhões de euros, de acordo com dados disponibilizados pela IMSHealth. Além da Ratiopharm, a Pfizer irá disputar o mercado com a Generis e a Mylan, que ocupam o segundo e terceiro lugar do ranking. Globalmente, o mercado de genéricos vale, a dados de Setembro de 2009, cerca de 461,5 milhões de euros.

Fonte: "Jornal Diário Económico" de 04-12-2009