Portugueses dão prioridade ao pagamento de despesas de saúde?

Portugueses dão prioridade ao pagamento de despesas de saúde? - 

Portugal encontra-se a meio da tabela entre os países com a maior percentagem de inquiridos que afirma que o pagamento das despesas da saúde são a prioridade.

A prioridade para pagar despesas de saúde tem vindo a diminuir entre os portugueses nos últimos três anos. A conclusão é de um estudo da Intrum, a propósito do Dia Mundial da Saúde, que se assinala esta quarta-feira, dia 7 de Abril. 

"Em 2018, o valor situava-se nos 85%, tendo sofrido um decréscimo acentuado em 2019, passando para 57%. Esta diminuição continuou a registar-se em 2020, atingindo os 54%", pode ler-se num comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso. 

Em Portugal  são os homens que dão prioridade ao pagamento das despesas relativamente à saúde. "Analisando os países da União Europeia contemplados no estudo da Intrum, conclui-se que são as mulheres que registam uma maior preocupação face a esta temática, ao contrário do que se verifica em Portugal", pode ler-se. 

Em termos de idades, na faixa etária dos maiores de 65 anos, 7% dos inquiridos revela que as despesas da saúde são a sua prioridade, uma percentagem superior à média europeia que se situa nos 5%.

Já na faixa etária dos 38 aos 44 anos, apenas 2% dos inquiridos portugueses revela considerar pagar as contas relativas à saúde como prioridade.

Do ponto de vista europeu, o estudo da Intrum revela que a Suíça e Itália são os países com a maior percentagem de inquiridos que afirma que o pagamento das despesas da saúde são a prioridade. Portugal encontra-se a meio da tabela juntamente com países como França, Alemanha, Áustria, Finlândia, Grécia e Roménia.

 

Fonte:  Site "noticiasaominuto.com" e autor em 7 de Abril de 2021.